Convocação de guardas municipais vai ficar abaixo do esperado em Curitiba

A convocação de novos guardas municipais para Curitiba deve ficar abaixo do esperado para este primeiro semestre. Após prometer chamar 160 agentes aprovados em concurso público de junho de 2015, a gestão do prefeito Rafael Greca (PMN) voltou atrás nesta terça-feira (14) e definiu que devem ser chamados apenas 60 candidatos. Em janeiro, Greca chegou a dizer que, até o final do ano, 600 novos guardas municipais seriam convocados pela prefeitura. Até o momento, não houve chamamentos.

O anúncio dos 160 guardas surgiu após a página pessoal do prefeito no Facebook ser inundada de perguntas sobre o concurso. Na ocasião, Greca havia publicado um post informando sobre a presença da Guarda em todos os parques da cidade. “Dia 13 vamos chamar 160 GMs se a lei permitir”, respondeu ele em um dos questionamentos.

Mais tarde, questionado se havia desistido das nomeações, Greca explicou que depende de orçamento para seguir adiante com o planejamento. “Não estou desistindo. Vamos chamar quando pudermos pagar atentos à Constituição Federal. (...) Não adianta prometer e não poder pagar. (...) O Serviço Público não tem futuro com insolvência e desequilíbrio fiscal. Não quero aqui o que houve no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul”, escreveu ele na rede social. 

Procurada pela reportagem, a assessoria do prefeito informou que serão chamados 60 aprovados, embora não haja ainda previsão de quando isso deve ocorrer. O processo deve ser retomado “conforme as finanças do município forem sendo equilibradas”. De acordo com a Secretaria Municipal de Defesa Social, pasta responsável pela guarda, esses profissionais serão alocados igualitariamente nas dez regionais da cidade. 

O concurso público para contratação de 400 guardas municipais foi lançado durante a gestão Gustavo Fruet. No final do mandato, em dezembro, Fruet divulgou que convocaria 106 aprovados. Mas a atual gestão e o Sindicato dos Guardas Municipais de Curitiba (Sigmuc) afirmam que nenhum aprovado chegou a ser convocado.

A diretora financeira da Sigmuc, Rejane Soldani, avalia que a contratação de 60 ou até mesmo 160 profissionais não irá suprir significativamente o atual déficit de guardas da cidade. O sindicato estima que seria necessário um efetivo de três mil profissionais de acordo com a população da cidade. Hoje há metade disso nas ruas. “Mesmo que fossem chamados os 400 previstos no edital desse concurso não seriam suficientes”, sustenta. 

Fonte:http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/convocacao-de-guardas-municipais-vai-ficar-abaixo-do-esperado-em-curitiba-bbw6yjzzup2y6gy9ov92kdu3vhttp://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/convocacao-de-guardas-municipais-vai-ficar-abaixo-do-esperado-em-curitiba-bbw6yjzzup2y6gy9ov92kdu3v

160 Guarda Municipais de Curitiba serão convocados dia 13/03/2017

Nova convocação nesta próxima segunda feira, dia 13/03/2016, o fato já foi confirmado pela prefeitura e postado em sua página oficial, o aprovado de nº 3 portador de necessidades especiais também já foi convocado no ultimo dia 07, clique aqui.
A noticia oficial da convocação dos 160 aprovados pode ser vista clicando Aqui.

Guarda Municipal de folga evita arrastão dentro de coletivo, um bandido baleado no peito e outro preso.

O Guarda Municipal estava fora de serviço e seguia a destino no ônibus da linha Vitória Régia  na Cidade Industrial de Curitiba.

Nas imediações da empresa Bosch, os bandidos deram voz de assalto e começaram a fazer um arrastão nos passageiros, o Guarda se antecipou aos bandidos e já deu voz de prisão aos mesmos que esboçaram reação, o GM efetuou alguns disparos para conter a reação e alvejou um dos bandidos nas pernas e no peito, o segundo bandido se rendeu e foi dominado, várias equipes GM chegaram em apoio, o assaltante baleado e foi socorrido pelo Siate e não corre risco de morte.

O suspeito imobilizado já possuía passagem pela polícia por roubo, dois revólveres foram apreendidos com os suspeitos.

Guarda Municipal de São José dos Pinhais recupera veiculo roubado..

A Guarda Municipal de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, recuperou uma caminhonete NISSAN/Frontier que foi roubada no bairro Uberaba, na última segunda-feira (6).

No assalto, os suspeitos trancara uma família no banheiro e levaram vários pertences da residência, além de fugirem com dois veículos da família, a caminhonete e um Honda Fit, que ainda não foi recuperado.

A equipe realizou a prisão de um homem de 28 anos, que estava em posse da caminhonete roubada. A equipe em patrulhamento foi informada por populares que tinha uma caminhonete fazendo anarquia no trânsito e colocando a população em risco, a equipe GM realizou a abordagem padrão e descobriram que o carro tinha alerta de roubo.

O detido, que já tem passagens por roubo,foi encaminhado a delegacia de policia civil.

Prisões em flagrante crescem com a Patrulha do Transporte Coletivo.

Nesta semana completou um mês de funcionamento da Patrulha do Transporte Coletivo, da Guarda Municipal. A atuação dos guardas dentro dos ônibus, além das viaturas acompanhando as linhas onde ocorrem o maior número de ocorrências, já diminuiu o número de delitos no transporte coletivo.
As prisões em flagrante dentro dos ônibus pela Guarda Municipal aumentaram nestes 30 primeiros dias da Patrulha do Transporte Coletivo. Em janeiro, antes do início da patrulha, haviam sido presas cinco pessoas dentro dos ônibus. Do dia 7 de fevereiro a 7 de março, o número de presos em flagrante aumentou para oito.
Assédio
Entre os oito presos em flagrante dentro de ônibus, nos primeiros 30 dias de funcionamento da patrulha, dois foram por cometer assédio sexual. No início de março, um homem acusado de praticar atos obscenos dentro do ligeirinho da linha Inter 2 foi preso tentando cometer o delito novamente.
A prisão foi resultado do serviço de agentes do setor de Inteligência da Guarda Municipal, que passaram a acompanhar o Inter 2 para fazer a prisão, após a denúncia de uma estudante.
Para o secretário de Defesa Social e Trânsito, Algacir Mikalovski, o resultado alcançado neste primeiro mês foi satisfatório. “Além das prisões, a atuação da Patrulha do Transporte tem evitado que delitos que vinham acontecendo com frequência voltassem a ser cometidos”, afirmou Mikalovski.
O número de atendimentos totais da Guarda Municipal no transporte coletivo também aumentou. Em fevereiro foram atendidas 213 ocorrências, contra 202 ocorrências de janeiro. “Não é o plano ideal ainda, nós queremos o transporte coletivo absolutamente sem delitos. Mas temos plena convicção de que estamos no caminho certo”, explicou o secretário Mikalovski.
Patrulha
A Patrulha do Transporte Coletivo foi criada por determinação do prefeito Rafael Greca e começou a atuar em Curitiba no dia 7 de fevereiro, para aumentar a segurança no sistema de transporte público.
No ano passado, a Guarda Municipal registrou 2.656 ocorrências no transporte coletivo, desde assédio, furtos, invasões (fura-catraca), e principalmente roubos, que somam 54% do total das estatísticas.
A Patrulha do Transporte Coletivo trabalha em parceria com a Urbs e denúncias podem sem feitas pelo telefone 153, da Guarda Municipal.
“O nosso trabalho está tendo êxito e estamos conseguindo diminuir as ocorrências dentro do transporte coletivo”, disse o diretor geral da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso.

Fonte:http://www.curitiba.pr.gov.br/fotos/album-prisoes-em-flagrante-crescem-no-primeiro-mes-da-patrulha-do-transporte-coletivo/26551

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: