Guarda municipal é atacado a tiros e tem moto incendiada na Baixada Fluminense.

video
Um guarda municipal sofreu um ataque a tiros e teve sua moto queimada, na noite de terça-feira (5),  em Nilópolis, na Baixada Fluminense. O agente Flávio Carlos da Silva trabalhava de mototáxi nas horas vagas, para complementar a renda da família e teve 95% do corpo queimado devido o atentado.

De acordo com testemunhas, o guarda estava chegando em casa, após deixar uma passageira, e foi abordado por dois homens em um carro preto. Os homens atiraram contra o agente que foi atingido na mão e na cabeça.

Após efetuarem os disparos, eles ainda colocaram fogo na moto do agente. De acordo com a polícia, a suspeita é de que uma máfia de mototáxi está atuando na cidade.

Flávio foi levado para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, também na baixada, mas precisou ser transferido. Na unidade, segundo a família, não havia um neurocirurgião. A ambulância para a transferência demorou cerca de quatro horas, afirmam familiares.

Em nota a Coordenação Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Baixada Fluminense desmentiu a família e informou que a ambulância levou 34 minutos para chegar ao Hospital da Posse.

O guarda municipal foi transferido para o Hospital Municipal Pedro Segundo, em Santa Cruz, na zona oeste. 

Muito lamentavel o ocorrido, peço orações para nosso colega de farda. 
SITE DE REFERÊNCIA: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/guarda-municipal-e-atacado-a-tiros-e-tem-moto-incendiada-na-baixada-fluminense-20130206.html 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARTICIPE, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concurso para Guarda Municipal de Curitiba, Clique logo abaixo: